Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

22 de julho de 2017

Edital do Prêmio Açorianos de Dança 2017




Foi publicado hoje (21/07) no Diário Oficial de Porto Alegre o Edital do Prêmio Açorianos de Dança 2017 que reconhece as melhores produções e artistas da dança no ano de 2017. Confira o Edital na íntegra.


CONCURSO Nº CC 008/2017
PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA - 2017
PROCESSO Nº 17.0.000024829-0


REGULAMENTO



A Secretaria Municipal da Cultura da Prefeitura de Porto Alegre comunica aos interessados que todos os espetáculos, performances, produções e projetos estreados em Porto Alegre no ano de 2017, produzidos por artistas locais ou aqui radicados, condicionados a uma inscrição prévia, na forma da lei nº 8.666/93, no que couber, concorrerão ao Prêmio Açorianos de Dança 2017 (Concurso nº CC 008/2017 – Processo nº 17.0.000024829-0), promovido pelo Centro de Dança da SMC.

CRONOGRAMA


Inscrições: de 26 de julho de 2017 a 31 de janeiro de 2018, no Centro de Dança – Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues – Av. Erico Veríssimo, nº 307 ou pelo email: dancasmc@gmail.com.
As reuniões das Comissões Julgadoras para indicações e escolha dos premiados ocorrerão em datas a serem definidas pelo Centro de Dança a partir do mês de outubro e ocorrerão no Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues.
Divulgação dos resultados das indicações: 1º de março de 2018
Cerimônia de entrega dos Prêmios: Semana de Porto Alegre de 2018


1. DA FINALIDADE


1.1 - O Prêmio Açorianos de Dança – Edição 2017, instituído pelo Decreto nº 5.876/77, alterado pelo Decreto 11.512/96, 9.365/88 e 6.613/79, tem a finalidade de destacar a produção de dança de Porto Alegre em sua diversidade e abrangência, e as ações e profissionais que contribuíram para o desenvolvimento, qualificação e afirmação desta arte em nossa cidade.

2. DA ORGANIZAÇÃO


2.1 – Este concurso será organizado pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre, por intermédio da Secretaria Municipal da Cultura/Centro de Dança. Informações complementares podem ser obtidas junto ao Centro de Dança – Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues – Av. Erico Veríssimo, nº 307. Telefone 3289.8063 e 3289.8065.

2.2 - Este Edital estará à disposição dos participantes junto ao Centro de Dança – Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues – Av. Erico Veríssimo, nº 307, na página da Prefeitura Municipal de Porto Alegre/Secretaria Municipal da Cultura http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smc/default.php , no Diário Oficial de Porto Alegre http://www2.portoalegre.rs.gov.br/dopa/ e no blog do Centro de Dança http://cdancasmc.blogspot.com.br/

3. DAS CATEGORIAS


3.1 - Será concedido, a critério das Comissões de Seleção e Premiação, um troféu (estatueta criada pelo artista plástico Vasco Prado) para cada uma das seguintes categorias:

3.1.1 Prêmios do Ano:

a) Espetáculo;
b) Direção;
c) Bailarino;
d) Bailarina;
e) Coreografia;
f) Cenografia;
g) Figurino;
h) Iluminação;
i) Trilha Sonora;
j) Produção;
k) Novas Mídias em Dança (filmes, videoclipes, videodanças, videoartes, videocoreografias) para trabalhos produzidos no período de 2016-2017;
l) Projeto de Difusão e Formação em Dança;

3.1.2 - Destaques por Modalidade:

a) Destaque em Balé Clássico;
b) Destaque em Jazz
c) Destaque em Sapateado;
d) Destaque em Dança Folclórica/Étnica;
e) Destaque em Danças Urbanas;
f) Destaque em Dança de Salão;
g) Destaque em Dança do Ventre;
h) Destaque em Flamenco;
i) Destaque em Dança Contemporânea.

3.1.2.1 – Os destaques por modalidade poderão ser conferidos a aspectos da produção como: Espetáculo, Direção, Bailarino, Bailarina, Coreografia, Cenografia, Figurino, Iluminação, Trilha Sonora, Produção, Grupo, Evento, Mostra, Intervenção, Performance, Publicação, Jam, Batalha, Pesquisa Científica Documentada, etc.

3.2 - É prerrogativa do Centro de Dança o direito de conceder Prêmios Especiais, a seu critério, nas categorias: Personalidade, Incentivo à Dança e Imprensa.

4. DOS CONCORRENTES


Concorrerão ao Prêmio Açorianos de Dança – Edição - 2017:
4.1- Espetáculos e performances de dança que realizem apresentações públicas no município de Porto Alegre em salas convencionais de teatro, locais alternativos, espaços abertos e na rua, ao longo do corrente ano até 31 de janeiro de 2018 desde que realizem inscrição junto ao Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura.
4.1.1- Os espetáculos e performances públicas de Dança que cumprirem temporadas (apresentações subsequentes) perfazendo no mínimo 02 (duas) apresentações;
4.1.2 Poderão concorrer igualmente, espetáculos e performances que tenham estreado em anos anteriores e que, por qualquer motivo, não concorreram no ano de estreia, bem como espetáculos que, mesmo inscritos, não tenham sido assistidos por, no mínimo, 70% júri na edição anterior do Prêmio.
4.1.3 Os espetáculos com apresentações anteriores à data de início das inscrições poderão efetivar sua inscrição mediante preenchimento da ficha de Inscrição (Anexo I), o envio de memorial descritivo (fotos, programas, material de imprensa, críticas) e vídeo na íntegra do espetáculo, sem edições.
Observação – As categorias de Destaque em Balé Clássico, Jazz/Sapateado, Danças Urbanas, Dança Contemporânea, Dança de Salão, Flamenco, Dança do Ventre e Dança Folclórica/Étnica não necessitam de inscrição, sendo indicados diretamente por cada júri especializado.

4.2 - Não concorrerão ao Prêmio Açorianos de Dança - Edição-2017:

4.2.1 - Espetáculos e performances que já tenham concorrido em edições anteriores, salvo o disposto no item 4.1.2.

4.2.2 - Espetáculos e performances que nitidamente caracterizem remontagens.

4.2.3 – Nas categorias de Prêmios do Ano, não podem concorrer espetáculos de final de ano de escola, que tenham caráter nitidamente pedagógico, ou ainda apresentações de caráter amador ou recreativo.

4.4 - O Centro de Dança se reserva o direito de solicitar DVD, material jornalístico comprobatório do currículo dos envolvidos com as produções a serem inscritas ou do próprio grupo a ser inscrito. Serão aceitas divulgações com textos nos jornais locais, críticas publicadas na imprensa local e demais matérias impressas, desde que não se restrinjam somente a mídias eletrônicas.

4.5 - Os espetáculos concorrentes deverão ter sido produzidos em Porto Alegre e somente concorrerão às categorias individuais, artistas locais ou aqui domiciliados.


5. DAS INSCRIÇÕES


5.1 - Para efeitos de inscrição, o responsável pela produção deverá remeter via correio eletrônico (e-mail) para dancasmc@gmail.com entregar no Centro de Dança, das 09 horas às 12 horas e das 14 horas às 18 horas, a ficha de inscrição (ANEXO I) devidamente preenchida e assinada.
5.2 - Para inscrição na categoria Projeto de Difusão e Formação em Dança, os candidatos deverão apresentar dossiê, conforme modelo(ANEXO II).
5.3 - Para inscrição na categoria Novas Mídias em Dança são necessários a entrega da ficha de inscrição (ANEXO III) e de duas (02) cópias do trabalho inscrito em CD/DVD, caso não haja link para acesso na internet;
5.4 - Poderão ser inscritos no máximo três (03) trabalhos por artista na categoria Novas Mídias;


6. DAS COMISSÕES DE SELEÇÃO E PREMIAÇÃO


6.1 - Serão constituídas comissões julgadoras especializadas compostas de no mínimo dois (02) e no máximo cinco (05) integrantes para as indicações das categorias Destaques, Produção Audiovisual em Dança, e Projeto de Difusão e Formação em Dança.

6.2 - Será constituída uma comissão julgadora de no mínimo cinco (05) integrantes para o julgamento das categorias Espetáculo, Bailarino, Bailarina, Coreografia, Cenografia, Figurino, Iluminação, Trilha Sonora, e Produção.

6.3 - Os integrantes das comissões devem ter reconhecida inserção na área cultural e serem indicados pela Secretaria Municipal da Cultura e/ou comunidade artística da dança, tendo como critério a capacitação para avaliar a diversidade da produção na sua pluralidade de linguagens, modalidades, estilos.

6.4 - O Centro de Dança poderá tomar parte na comissão julgadora como voto de “minerva” para as categorias de Destaque;

6.5 - É vedada a participação no júri de pessoas que constem da ficha técnica ou tenham parentesco até segundo grau com concorrentes na mesma categoria a ser julgada.

6.5 - As Comissões Julgadoras serão nomeadas pelo Secretário Municipal de Cultura mediante portaria da Secretaria Municipal da Cultura e publicada no Diário Oficial de Porto Alegre.

6.6 - A organização dos trabalhos das Comissões será de responsabilidade do Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura, que promoverá reuniões periódicas de acompanhamento e avaliação do processo de julgamento.

6.7 - Cada jurado deverá fornecer seus dados pessoais para cadastro no Centro de Dança, inclusive seu fone de contato e e-mail, para ser avisado das estreias e das temporadas dos espetáculos e performances concorrentes ao Prêmio e se comprometerá a assistir a todos os espetáculos previamente inscritos. Os jurados deverão, ainda, comparecer a reuniões de avaliação quando convocados.

6.8 - Os integrantes das Comissões poderão ser remunerados para exercer suas funções com valores a serem definidos pelo Centro de Dança da Secretaria Municipal da Cultura de acordo com a disponibilidade orçamentária.


7. DAS ETAPAS DE INDICAÇÕES E PREMIAÇÃO


7.1 - A escolha dos premiados dar-se-á em duas etapas:

7.2 - Etapa nº 1: Indicações - As Comissões indicarão os finalistas nas categorias de Destaque em Balé Clássico; Destaque em Jazz; Destaque em Sapateado; Destaque em Dança Folclórica/Étnica; Destaque em Danças Urbanas; Destaque em Dança de Salão; Destaque em Dança do Ventre; Destaque em Flamenco; Destaque em Dança Contemporânea; Projeto de Difusão e Formação em Dança; Novas Mídias em Dança; Espetáculo; Coreografia; Bailarino; Bailarina; Cenografia; Figurino; Iluminação; Trilha Sonora; Produção.

7.3 - O número de indicações por categoria deverá ser de até 05 (cinco), e às Comissões fica reservado o direito de não indicar candidatos em quaisquer categorias, caso não haja uma produção quantitativa e qualitativamente significante.

7.4 - A Comissão julgadora deverá emitir pareceres justificando suas deliberações que ficarão disponíveis para consulta junto ao processo.

7.5 - A nominata dos indicados aos Prêmios Açorianos de Dança será divulgada a partir do dia 1º de março de 2018.

7.6 - Etapa nº 2 – Premiação - Concorrerão nesta etapa os indicados na etapa anterior.

7.7 - É vedada aos participantes das comissões julgadoras a divulgação de quaisquer informações relativas às decisões das comissões antes da manifestação formal do Centro de Dança.

7.8 - As decisões das Comissões serão consideradas soberanas;

7.9 - Os resultados serão registrados em ata, que deverá ser assinada por todos os presentes às reuniões e serão tornados públicos na cerimônia pública de premiação durante a Semana de Porto Alegre de 2018, a ser organizada pela Secretaria Municipal da Cultura, com ampla divulgação.

8. DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO


Os critérios de avaliação serão os seguintes:
I - Qualidade artística: atributos estéticos que configurem a excelência dos elementos constitutivos do espetáculo;
II – Criatividade e Originalidade: utilização singular na escolha da temática, concepção e organização coreográfica.
III - Rigor Técnico: domínio das técnicas corporais apresentadas pelos intérpretes;
V - Coerência de linguagem: escolhas e adequação dos elementos constitutivos do espetáculo em consonância com sua concepção.

9. DISPOSIÇÕES GERAIS


9.1 - É vedada a premiação de servidores públicos municipais exceto na hipótese de excepcional trabalho artístico, reconhecido pela crítica especializada e submetido à aprovação prévia do Senhor Secretário Municipal da Cultura.

9.2 - Os casos omissos serão resolvidos pelo Centro de Dança, observada a legislação vigente aplicada a essa modalidade especial de licitação.

9.3 - Qualquer cidadão é parte legítima para impugnar o presente Regulamento por irregularidade, devendo protocolar o pedido até 5 (cinco) dias úteis, após o período de início das inscrições, cabendo ao Centro de Dança julgar e responder à impugnação em até 3 (três) dias úteis.

9.4 – Os recursos administrativos podem ser interpostos nos termos e condições previstos no artigo 109 da Lei 8.666/93.


Porto Alegre, 21 de julho de 2017.


Luciano Alabarse
Secretário Municipal da Cultura

Veja abaixo os Anexos.


ANEXO I

CONCURSO Nº CC 0
08/2017
PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA - 2017
PROCESSO Nº 17.0.000024829-0

Ficha de Inscrição Para Espetáculo*:
1 - Nome do espetáculo:
2– Direção:
3 – Elenco:
4 - Ficha técnica de todos os profissionais que trabalham na montagem:
Coreografia:
Cenografia:
Figurino:
Iluminação:
Trilha sonora:
Produção:
*ATENÇÃO: A COMISSÃO JULGADORA FARÁ AS INDICAÇÕES PARA AS DIVERSAS CATEGORIAS COM BASE NO DECLARADO ACIMA.
5 - Pequena sinopse (no máximo 120 caracteres)
6 - Cronograma das datas e respectivos horários das apresentações a serem cumpridas nos teatros da Capital, centros e espaços culturais, ou em parques e outros locais destinados às apresentações de espetáculos de rua
7 – Dados da produção (Nome, CPF, e-mail, telefones, endereço)
8 – Declaramos estar de acordo com o edital (Concurso nº CC 008/2017 – Processo nº 17.0.000024829-0) que institui o Prêmio Açorianos de Dança 2017.

_________________________________________
(Nome, CPF e assinatura do responsável pela Produção)
(Nome do espetáculo)
OBSERVAÇÕES: Cada produção é responsável pela observância da veracidade das informações prestadas, relativas ao espetáculo concorrente. As produções ficam devidamente responsáveis em informar, prévia e imediatamente, através do endereço eletrônico tomazzoni@smc.prefpoa.com.br, quaisquer alterações que por ventura venham a ocorrer na ficha técnica, bem como no cronograma, a fim de que essas alterações possam ser repassadas às Comissões Julgadoras. O ato da inscrição implica aceitação dos termos contidos no referido edital. O e-mail para encaminhamento desta ficha é dancasmc@gmail.com

ANEXO II

CONCURSO Nº CC 008/2017
PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA - 2017
PROCESSO Nº 17.0.000024829-0

Modelo de Dossiê para Projetos de Formação e Difusão em Dança:
1 - Nome do Projeto:
2 - Responsável:
3 – Endereço:
4 - Telefone:
5 – E-mail:
4 - Sinopse do Projeto (Descrição sintética da Proposta/Projeto em até 20 linhas);
5 – Objetivo do Projeto;
6 – Metodologia utilizada;
7 – Público a que se destina o Projeto;
8 – Atividades desenvolvidas (com datas e locais de realização, quando for o caso);
9 – Público atingido;
10 – Equipe Artística e Técnica responsável (nome e currículo dos integrantes);
11 - Anexos (fotos, DVD, material de divulgação, matérias jornalísticas);
12 – Declaramos estar de acordo com o edital (Concurso nº CC 008/2017 – Processo nº 17.0.000024829-0) que institui o Prêmio Açorianos de Dança 2017.




___________________________________
(Nome, CPF e assinatura do responsável)
(Nome do Projeto)



ANEXO III

CONCURSO Nº CC 008/2017
PRÊMIO AÇORIANOS DE DANÇA - 2017
PROCESSO Nº 17.0.000024829-0

Ficha de Inscrição para Novas Mídias em Dança*

1 - Nome do Projeto:
2 – Responsável:
3 - Link para acesso**:
4 - Ano de Produção:
5 – Endereço:
6 - Telefone:
7 – E-mail:
8 - Síntese da Proposta:
9 - Ficha Técnica:
8 - DECLARAÇÃO : Declaramos estar de acordo com o edital (Concurso nº CC 008/2017 – Processo nº 17.0.000024829-0) que institui o Prêmio Açorianos de Dança 2016.


________________________________
(Nome, CPF e assinatura do responsável)
(Nome do Projeto)
* Só serão aceitos trabalhos inscritos na categoria Novas Mídias cuja produção tenha sido realizada dentro do período de 1º de janeiro de 2017 a 31 de janeiro de 2018.
**Para trabalhos disponíveis na Internet. Caso contrário, deverão ser entregues 02(duas) cópias em CD/DVD.