Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

29 de março de 2017

Fumproarte promove seminário



Foto: Divulgação/PMPA
Encontro reúne artistas, gestores e produtores na Sala P.F. Gastal da Usina
Encontro reúne artistas, gestores e produtores na Sala P.F. Gastal da Usina
O Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural de Porto Alegre (Fumproarte) promove nesta sexta-feira, 31, e sábado, 1º de abril, a partir das 14h, o Seminário Movendo Horizontes. Os encontros serão realizados na Sala P.F. Gastal da Usina do Gasômetro (av. presidente João Goulart, 551 - terceiro andar). O seminário reúne artistas, gestores e produtores para um diálogo com o setor. A participação é gratuita. Interessados devem fazer a inscrição através do email: fumproarte@smc.prefpoa.com.br.
 
Na sexta-feira, a partir das 14h, convidados ministrarão palestras sobre histórico, funcionamento e nova gestão do Fumproarte. Também haverá a participação do coordenador do Procultura/RS, Rafael Balle, através de palestra sobre o Fundo de Apoio à Cultura do Rio Grande do Sul, e do professor Márcio Pizarro de Noronha, Ufrgs/UFG, através de bate-papo e lançamento do livro Gestão em Arte e Cultura, de sua organização.
 
Já no sábado, também a partir das 14h, haverá debate propositivo com os participantes, quando serão abordadas propostas de melhorias no Fumproarte. O objetivo é atender a reivindicações de agentes das artes e promover mudanças que dinamizem o Fundo.
 
Seminário Movendo Horizontes 
Fumproarte - Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural de Porto Alegre
Sexta-feira, 31, e sábado, 1º de abril, a partir das 14h
Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro
Avenida Presidente João Goulart, 551, 3° andar
    
Outras informações
Miguel Sisto Jr.
51 3289.8166
51 99273.2740
fumproarte@smc.prefpoa.com.br
 


/cultura

Texto de: Cleber Saydelles
Edição de: Fabiana Kloeckner
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

Contagem regressiva para mais um #vempromate


Quando o assunto é ‘chimarrão’, não existe qualquer distinção, seja de raça, crença, nível cultural, posição social ou financeira. A bebida do gaúcho é popular e democrática. Não importa se a cuia é simples ou decorada - bomba e térmica da mesma forma. O chimarrão agrada a todos (ou pelo menos a muitos).
Com esse espírito, o Movimento Tradicionalista Gaúcho mais uma vez faz a frente na realização do #vempromate. A iniciativa começou em 2015, com o objetivo de comemorar o Dia do Chimarrão e do Churrasco (24 de abril). O convite é para que, neste dia, todo apreciador publique uma fotografia sua mateando e, na medida do possível, também encontre amigos, familiares e colegas para celebrar presencialmente a data.
Quem digitar #vempromate nos sistemas de busca de mídias sociais, em especial Facebook, Instagran e Twitter, entenderá a razão pela qual o chimarrão é símbolo de amizade e hospitalidade. As fotos que aparecem no relatório da pesquisa, relativas à edição de 2015 e 2016, evidenciam o quanto o chimarrão é popular. Não tem lugar, nem hora do dia, quanto menos tempo ruim. Crianças apreciam, adultos, idosos, homens e mulheres... O mate é companhia no trabalho, na sala de aula, nos momentos de lazer, quando se está sozinho ou acompanhado, com pilcha e sem pilcha.

Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, o #vempromate está se consolidando no calendário de eventos da entidade. ‘Muitas vezes somos criticados porque realizamos com muito sucesso eventos competitivos, seja na área campeira, seja na área artística, e o #vempromate vem mostrar que, antes de competir, estamos disponíveis ao encontro, à união”, afirma.

Fonte: Sandra Veroneze
Assessoria de Imprensa MTG

28 de março de 2017

Salão do Atelier Livre abre nesta quarta-feira



Foto: Reprodução/PMPA
Milena Teixeira é a artista premiada em 2017
Milena Teixeira é a artista premiada em 2017
O Atelier Livre da Prefeitura Xico Stockinger promove a partir desta quarta-feira, 29, a 22ª edição do Salão de Arte Atelier Livre da prefeitura. A abertura será às 19h. A exposição fica até 13 de abril no saguão do Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues (av. Erico Verissimo, 307). A artista premiada desta edição é Milena Teixeira.

Artistas selecionados
Ana Lúcia Vieira
Rachel Fontoura
Raul Saldanha
Ronaldo Mohr
Carmen Eunice da silva
Eliane Silva de Abreu
Elisa Tesseler
Liara Moraes Chamun
Maria Aglaé Toledo

Abertura: 29 de março, quinta-feira, às 19h.
Visitação: 29 de março a 13 de abril
Local: saguão do Centro Municipal de
Cultura Lupicínio Rodrigues
Av. Erico Verissimo, 307

alivre@smc.prefpoa.com.br | atelierlivre.wordpress.com


/artes

Texto de: Cleber Saydelles
Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

25 de março de 2017

Prefeitura não é responsável por cancelamento do Carnaval, diz Alabarse


Secretário de Cultura afirmou que infraestrutura compete à Liga das Escolas de Samba
Secretário de Cultura afirmou que infraestrutura compete à Liga das Escolas de Samba | Foto: Ricardo Giusti / PMPA / CP

Secretário de Cultura afirmou que infraestrutura compete à Liga das Escolas de Samba | Foto: Ricardo Giusti / PMPA / CP 








A Prefeitura de Porto Alegre não tem responsabilidade quanto aos problemas de infraestrutura que provocaram a interdição do Complexo Cultural do Porto Seco e o consequente cancelamento do primeiro dia de desfiles do Carnaval fora de época. A afirmação é do secretário municipal de Cultura, Luciano Alabarse, que concedeu entrevista à Rádio Guaíba neste sábado.
“Desde janeiro ficou público e notório que a Prefeitura não iria aportar recursos públicos à festividade. Foi feita uma força-tarefa para auxiliar na captação de recursos e nós visitamos 39 empresas, sendo que apenas duas manifestaram interesse. Mesmo assim houve um acordo com o Ministério Público de que a responsabilidade do Carnaval deste ano era integralmente da liga dos carnavalescos. Eu não estou falando isso para fugir de nenhuma responsabilidade, mas apenas para esclarecer uma situação”, afirmou.
"Nós não participamos da venda de ingressos nem da organização, apesar de que todas as demandas que nos foram solicitadas em nível de parceria, como a fiação dos barracões, a iluminação pública do entorno, a colocação de câmeras, esses serviços públicos - que não demandam aporte de recursos - foram entregues", explicou. 
Segundo Alabarse, todos os esforços da Liga das Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa) foram "coadjuvados" no que era possível ser parceiro dentro da orientação de não ter serviços públicos. O secretário esclareceu ainda que, quanto aos desfiles no Porto Seco, foi feito um convênio entre a liga e a empresa Impacto Vento Norte, que é uma das patrocinadoras e conhecida pela excelência de seus serviços. " E justamente porque a Prefeitura não tem ingerência este ano na realização do Carnaval, o pedido de PPCI (Plano de Proteção Contra Incêndios) foi encaminhado pela liga", destacou. 
O secretário informou ainda que o pedido foi feito assim como a vistoria. "Os bombeiros, pelas razões elencadas, optaram por não liberar porque faltavam alguns itens. "Hoje vai ser feita nova vistoria. Eu torço pessoalmente para que esta nova inspeção tenha um final feliz", enfatizou. 
Carnaval de Porto Alegre depende de nova vistoria
Os desfiles do Grupo Ouro do Carnaval de Porto Alegre, no Complexo Cultural do Porto Seco, dependem de nova vistoria do Corpo de Bombeiros, agendada para a tarde deste sábado. A apresentação do Grupo Prata foi cancelada após interdição do sambódromo pelos bombeiros nessa sexta.
Os bombeiros cobraram exigências previstas no Plano de Proteção Contra Incêndios (PPCI) e deram um prazo para serem apresentadas as modificações. Até as 21h50min dessa sexta, porém, elas não tinham sido atendidas. Além da Série Prata, as Tribos Guaianazes e Comanches também tiveram desfiles cancelados.

Desfiles da Série Prata do Carnaval de Porto Alegre são cancelados

Bombeiros interditaram Porto Seco e nova vistoria será feita para tentar liberar Grupo Especial no sábado

Bombeiros interditaram Porto Seco e nova vistoria será feita para tentar liberar Grupo Especial no sábado | Foto: Mauro Schaefer
Bombeiros interditaram Porto Seco e nova vistoria será feita para tentar liberar Grupo Especial no sábado | Foto: Mauro Schaefer
Com informações da repórter Mauren Xavier








Os desfiles do grupo Prata do Carnaval de Porto Alegre foram cancelados na noite desta sexta-feira. Após vistoria, o Corpo de Bombeiros interditou o Sambódromo do Porto Seco por não apresentar diversas exigências do Plano de Proteção Contra Incêndios (PPCI). A informação foi confirmada quando centenas de pessoas já estavam no local.
Após a primeira vistoria, foi estabelecido um prazo para serem apresentadas modificações, mas estas não foram atendidas até as 21h50min. Neste sábado, nova fiscalização será feita na tentativa de liberar os desfiles do grupo Especial.
O presidente da Liga das Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa), Juarez Gutierres, lamentou a situação, citando a questão de contratos de transmissão, além de planejamento de viagens de jurados para o evento. “São programações já marcadas”, afirmou. "Houve uma interdição pelos equipamentos não se encontrarem no lugar que deviam estar, mas pela demanda de tempo curtíssima entedíamos que o bom senso seria usado, mas não foi", lamentou. "A gente não discute o rigor da lei, tentamos por uma liminar, um juiz foi para a pista conosco, mas ele avaliou que não é técnico para avaliar com condições."
A capitão Biane, do Corpo de Bombeiros, salientou que o Porto Seco estava interditado desde o dia 22. "Dia 21, a Liespa já devia estar com o alvará aqui", apontou. "Mas por se tratar de um evento cultural, que gera comoção pública, trabalhamos arduamente para que o PCCI estivesse liberado hoje", explicou.
Ela salientou que, apesar do PCCI ter a "parte de papel" aprovada, não conseguiu verificar os elementos exigidos na fiscalização. "Não tinha extintores, saídas de emergência identificadas, sistemas de iluminação e os geradores com isolamento de risco", citou.
Além da Série Prata, nesta sexta também ocorreria o desfiles das Tribos, Guaianazes e Comanches

23 de março de 2017

Espetáculo inspirado no pampa tem apresentação neste sábado



Foto: Sabrina Canton Van Helden/Divulgação PMPA
Apresentação está marcada para as 17h e tem duração de 55 minutos
Apresentação está marcada para as 17h e tem duração de 55 minutos
A obra coreográfica Verde (in)tenso, da Geda Cia. de Dança Contemporânea, com mais de 35 anos de trajetória artística do Rio Grande do Sul, será apresentada neste domingo, 26, no Parque Farroupilha (Redenção), dentro das atrações da Semana de Porto Alegre. O espetáculo é baseado em pesquisa gestual do homem do pampa gaúcho. A apresentação ocorrerá próximo ao Espelho D’água, a partir das 17h, com duração aproximada de 55 minutos.
 
No palco, dançarinos fazem, por meio de seus movimentos, um recorte da personalidade pampeana sob o enfoque antropológico e territorial e relacionando o tema contemporaneidade. A concepção do trabalho contou com a participação da escritora e pesquisadora da história do Rio Grande do Sul, Elma Santana. Com música de James Correa, doutor em composição, a trilha contemporânea incorpora fandangos, milongas e polcas, sintonizada com a melancolia do gaúcho que se movimenta neste pampa de verdes intensos. 
 
Ficha Técnica
Coreografia e direção: Maria Waleska Van Helden / Elenco: Andrew Tassinari, Consuelo Vallandro, Fabiane Severo, Graziela Silveira, Miguel Sisto e Sahaj / Assessoria dramatúrgica: Camila Bauer / Trilha sonora: James Correa / Cenografia: Élcio Rossini / Assistente de Cenografia: Flavio Moreira  / Figurino: Daniel Lion / Direção de produção: Kapsula Produções e Lucida Desenvolvimento Cultural / Produção: Luka Ibarra e Ana Paula Reis / Iluminação: Maurício Rosa / Operação de som: Driko Oliveira / Ensaiadora: Fabiane Severo
Duração: 55min

Confira a programação completa no site aniversario.portoalegre.rs.gov.br.
 


/danca

Texto de: Cleber Saydelles
Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

SOPAPO POÉTICO - EDIÇÃO DE MARÇO/2017-Carnaval





NA PRIMEIRA EDIÇÃO DE 2017, O SOPAPO POÉTICO CELEBRA A HISTÓRIA E A MEMÓRIA DO CARNAVAL DE PORTO ALEGRE

Iniciando seu ciclo de saraus do ano de 2017, o SOPAPO POÉTICO - Ponto Negro da Poesia tem a grande satisfação de receber a fotógrafa e pesquisadora IRENE SANTOS, com o lançamento do dvd "Outros Carnavais". A atividade acontece no próximo dia 28 de março, data em que o Sopapo Poético completa cinco anos de atividades ininterruptas, no Centro de Referência do Negro Nilo Feijó, Av. Ipiranga, 311.

O sarau SOPAPO POÉTICO é promovido pela ANdC (Associação Negra de Cultura) desde 2012. A exemplo de outros saraus afro-brasileiros, o encontro evoca o protagonismo negro, em uma roda de atuações, reflexões e de convivências afrocentradas.

IRENE SANTOS
Parceira e frequentadora do Sopapo Poético desde as suas primeiras edições, a fotógrafa e pesquisadora IRENE SANTOS, tem realizado um trabalho de extrema relevância à preservação da memória da comunidade negra em Porto Alegre. Licenciada em História pela UFRGS, foi "atrás das lentes" que Irene se realizou profissionalmente. Como fotógrafa de artistas da cidade, tornou-se conhecida no meio artístico, o que a levou à realização de várias exposições individuais de fotografia em lugares prestigiados como o MARGS, a Galeria do Theatro São Pedro e a Casa de Cultura Mario Quintana. Em 2005, com financiamento do Fumproarte, concebeu o projeto do livro NEGRO EM PRETO E BRANCO - História Fotográfica da População Negra de Porto Alegre, o qual muito foi bem acolhido pela comunidade porto-alegrense, a ponto de receber o troféu Açorianos de Literatura Especial. Ainda com financiamento Fumproarte, publicou, em 2010, o livro COLONOS E QUILOMBOLAS e, em 2014, o site OUTROS CARNAVAIS, sobre o carnaval de rua de Porto Alegre.

OUTROS CARNAVAIS
O projeto OUTROS CARNAVAIS – Memória do Carnaval de Rua de Porto Alegre aborda a festa mais popular da cidade, pesquisando seus traços característicos e revelando a emoção que envolvia os seus mantenedores, no período de 1930 a 1969. O projeto visa dar uma contribuição à história do negro porto-alegrense, privilegiando a oralidade, trazendo à luz uma série de histórias de tempos nem tão remotos e enfatizando a importância que os próprios protagonistas lhes atribuem na sua luta pela afirmação de sua identidade negra. A pesquisa resultou em um site que ficou no ar de 2014 a 2016. Em 2017, todo o conteúdo pesquisado foi convertido em um formato acessível off line, possibilitando o uso em sala de aula sem necessidade de internet. É a maneira de contribuir para a implementação da lei 10.639/03, trabalhando o conhecimento e a valorização da identidade cultural da população negra de Porto Alegre. A partir do dia 28 de março de 2017, todos os vídeos e fotografias do site poderão ser acessados no canal do Youtube "Projeto Outros Carnavais".

SOPAPINHO
Com a proposta de desenvolver o interesse pela cultura e pela poesia nos pequenos, o Sopapinho é um momento de fortalecimento da identidade étnica e da autoestima das crianças negras. As atividades do Sopapinho, paralelas ao sarau, envolvem brincadeiras, artes visuais, canto, contação de histórias e a participação na roda de poesia. Solicitamos aos pais que tragam lanches para serem compartilhados no Sopapinho.

FEIRA AFRO
A diversidade de produtos e estilos é característica da Feira Afro, formada por expositores que acompanham e apoiam o sarau. Artesanato, alimentação, literatura, estética cultural, vestuário, cosméticos naturais, música - e muito mais - são opções da feira para o eclético público sopapeiro.

CINE KAFUNÉ
Antecedendo o sarau, o Cine Kafuné projeta no telão vídeos clipes e documentários afrocentrados.

SOPAPO POÉTICO - Ponto Negro da Poesia
Edição de março de 2017
Convidada: IRENE SANTOS (lançando o dvd "Outros Carnavais")
Quando: terça-feira, 28 de março, às 19h30min
Onde: Centro de Referência do Negro Nilo Feijó
Av. Ipiranga, 311, Menino Deus - Porto Alegre/RS
CONTRIBUIÇÃO ESPONTÂNEA

Contatos:
sopapo.poetico@gmail.com
9365-3315 - 9117-4559 - 9317-6497 - 9218-5449

Realização:
ANdC - Associação Negra de Cultura

Apoios:
Centro de Referência do Negro Nilo Feijó
Cine Kafuné
Negrestyle
SINDIPETRO - Sindicato dos Petroleiros
Boteko do CANINHA (Areal da Baronesa)
Prefeitura Municipal de Porto Alegre - Secretaria de Desenvolvimento Social




22 de março de 2017

Carnaval 2017 abre nesta quinta-feira com os ensaios técnicos



Foto: Betina Carcuchinski/PMPA
Campeã do Carnaval 2017 será conhecida no domingo
Campeã do Carnaval 2017 será conhecida no domingo
Porto Alegre vivencia a partir desta semana o primeiro carnaval fora de época. Nesta quinta-feira, a partir das 19h, os ensaios técnicos (Muamba) têm início no Complexo Cultural do Porto Seco. A primeira atividade é a cerimônia de lavagem da avenida, por babalorixás e yalorixás. Os ingressos para a Muamba custam R$ 5. Os desfiles oficiais acontecem na sexta-feira, 24 com a Série Prata e as Tribos, Guaianazes e Comanches. No sábado, 25, desfilam as agremiações da Série Ouro. Confira no quadro abaixo a ordem dos desfiles.

Ingressos - 
A venda de ingressos, frisas e camarotes estão disponíveis na sede da Liga Independente das Escolas de Samba (Liespa) no Complexo Cultural do Porto Seco das 15h às 20h. Os ingressos também poderão ser adquiridos até quinta-feira, 23, na rede de farmácias Mais Econômica, em horário comercial. Nos dias dos desfiles a venda de ingressos também acontecerá nas bilheterias do Porto Seco.

Os ingressos de arquibancas custam R$ 10 para a Série Prata que desfila na sexta-feira, 24, e R$ 20, para a Série Ouro no sábado, 25. As frisas custam R$ 1 mil e os camarotes entre R$ 2,5 mil e R$ 4,5 mil. O tradicional ensaio técnico ocorre na quinta-feira, 23, com ingressos a R$ 5 que serão vendidos na hora do evento. Os portões abrem as 19h.

A apuração das notas dos jurados será realizada no domingo, 26 de março, a partir das 17h no Complexo Cultural do Porto Seco. A última colocada da Série Ouro desce para Série Prata e a campeã da Prata sobe para a Série Ouro em 2018.
Os desfiles
 
Muamba quinta-feira, 23, 
19h30  - com a lavagem da avenida. 
20h55 - Imperadores do Samba -  
21h45 - Embaixadores do Ritmo  
22h35 - Estado Maior da restinga 
23h25 - União da Vila da IAPI
00h15 - Acadêmicos de Gravataí 
1h05 - Imperatriz Dona Leopoldina 
1h55 - Império da Zona Norte, com término previsto para 2h30
 
Desfile Oficial Série Prata - Sexta-feira, 24
20h30 - Tribo Os Guaianazes
21h20 - Os comanches,  com término previsto para as 22h10
22h - Unidos de Vila Isabel, 
23h20 - Copacabana 
00h20 - Academia de Samba Puro 
1h20 - Imperio do Sol 
22h20 - Academia de Samba Praiana  
3h20 - Realeza 
4h20 - Unidos da Vila Mapa
 
Série Ouro - Sábado, 25
21h30 - Escola Convidada  
22h35 - Embaixadores do Ritmo 
23h40 - Bambas da Orgia
0h45 - União da Vila do IAPI 
1h50 - Estado Maior da Restinga, 
2h55 - Imperadores do Samba, 
4h - Imperatriz Dona Leopoldina, 
5h05 - Acadêmicos de Gravataí 
6h10 - Império da Zona Norte  com término previsto para 7h

Confira a programação completa no site aniversario.portoalegre.rs.gov.br.




/carnaval /semana_de_porto_alegre


Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

Ministério da Cultura anuncia mudanças na Lei Rouanet

via correio do povo:


Alterações estipulam limite para preço de ingresso e gastos lançados no Portal da Transparência do governo


Alterações levam a uma fiscalização mais rigorosa do uso dos recursos | Foto: Janine Moraes / MinC / Divulgação / CP

Alterações levam a uma fiscalização mais rigorosa do uso dos recursos | Foto: Janine Moraes / MinC / Divulgação / CP
O Ministério da Cultura anunciou nesta terça-feira um pacote de mudanças na Lei Rouanet, entre elas uma fiscalização mais rigorosa do uso dos recursos, para que a prestação de contas seja feita em tempo real, e um limite de R$ 150 para o preço médio de eventos realizados com verbas do programa.
Segundo dados do ministério, atualmente há um passivo de 18 mil projetos culturais apoiados pela Lei Rouanet com a prestação de contas em análise. Com as mudanças, cada projeto cultural terá uma conta vinculada no Banco do Brasil e os gastos serão lançados no Portal da Transparência do governo, o que permitirá que qualquer pessoa acompanhe o caminho do dinheiro em tempo real.
Por meio da instrução normativa, o ministério também estabeleceu um teto na captação de recursos de R$ 10 milhões por projeto, e definiu que pessoas jurídicas poderão arrecadar, no máximo, um total de R$ 40 milhões.
As alterações também criaram facilidades para os agentes culturais que investirem em projetos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Hoje, 80% dos projetos atendem a Estados do Sudeste. Para essas regiões, por exemplo, o teto será um pouco maior, de R$ 15 milhões, e não haverá um número máximo de projetos por empresa.
Críticas
Desde que assumiu o Ministério da Cultura, em novembro de 2016, Roberto Freire tem apontado como prioridade as mudanças das regras da Lei Rouanet. No ano passado, a Operação Boca Livre, da Polícia Federal, identificou desvios de cerca de R$ 180 milhões com fraudes durante a gestão de Dilma Rousseff.
Durante a apresentação das novas regras, o ministro fez críticas ao governo da ex-presidente e disse que, por conta das irregularidades que vieram à tona, houve uma "demonização da Lei Rouanet", colocando em risco a continuidade do programa, criado em 1991. "A lei começou a ser vista como uma lei que provocava distorções, que havia sido usada como instrumento de permanência política do grupo que estava sofrendo o processo de impeachment. Se houvesse um crescimento (desse sentimento), quem seria prejudicado seria a própria cultura brasileira", disse.
Segundo ele, as mudanças foram "a resposta que a sociedade brasileira exigiu para que a Lei Rouanet pudesse continuar". O ministro também afirmou esperar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada na Câmara para investigar as irregularidades na aplicação da Lei Rouanet defina novos encaminhamentos legislativos para aprimorar as regras.
A Lei Rouanet é um dos principais programas do governo federal de incentivo à cultura, que permite que empresas e pessoas físicas descontem do Imposto de Renda valores que foram diretamente repassados a projetos culturais, como a realização de festivais de música, peças de teatro, espetáculo de dança, produção de livros, preservação de patrimônios históricos, entre outras iniciativas.

20 de março de 2017

Atelier Livre promove oficinas gratuitas



Foto: Divulgação/ PMPA
Atividades integram a programação 24 Horas de Cultura
Atividades integram a programação 24 Horas de Cultura
Integrando as atividades das 24 Horas de Cultura que ocorrem neste fim de semana, 25 e 26, no Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues (avenida Erico Verissimo, 307), o Atelier Livre da Prefeitura Xico Stockinger oferece oficinas introdutórias nas diferentes áreas das artes visuais com a orientação de artistas. Conforme a diretora do Atelier, Miriam Tolpolar, os interessados não precisam de nenhum pré-requisito. "Nas oficinas, o aluno poderá desenvolver sua criatividade experimentando inúmeros materiais, técnicas e trocando ideias", complementa a diretora. As atividades serão gratuitas e realizadas no Atelier. A exceção é a atividade Carroça, que será realizada no Parque Farroupilha (Redenção).
 
As oficinas
- Mergulho - Ministrante: Daisy Viola
Sala Pintura I - Trazer materiais básicos para pintura: papéis, tecidos, tintas, pincéis, etc
 
- Crie seu vaso - Ministrante: Cláudio Ely
Sala Cerâmica - Trazer um quilo de argila
 
- Gravura alternativa - Ministrante: Wilson Cavalcante
Sala Gravura
Trazer estilete, pregos, agulha e papéis simples (ofício A4, seda, jornal, etc)
 
- Aula Aberta de Escultura em Pedra / Demonstração - Ministrante: José Francisco Alves
Sala Escultura
 
- Vamos Desenhar e Colar? Ministrante: Ana Isabel Lovatto
Sala Desenho II - Trazer revistas velhas, cola bastão, tesoura, lápis grafite ou canetas, papel para desenho A4 ou agendas velhas, papéis diversos que possam ser recortados e colados. 

- Contorno Múltiplo: exercícios de desenho para iniciantes - Ministrante: Renato Garcia
Sala Desenho I - Trazer papéis de tamanhos variados, lápis, carvão, giz de cera ou qualquer material que tiver para desenhar.
 
- Exercícios Criativos com Papel Cordão - Ministrante: Eleonora Fabre
Sala Pintura II - Trazer estilete, tesoura e cola.
 
- Carroça
Local: No Parque Farroupilha, próximo ao Espelho D' água. 
Ação coordenada por Ana Flávia Baldisserotto
 
Outras informações e inscrições
Atelier Livre da Prefeitura Xico Stokinger
Avenida Erico Verissimo, 307
Fones: 32898057/ 8058
Horário: 9h às 12h/ 14h às 18h
alivre@smc.prefpoa.com.br
 


/qualificacao

Texto de: Cleber Saydelles
Edição de: Andrea Brasil
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

        

X Concurso Cultural 2017 FECINTER




Olá amigos, poetas e escritores.
Encontram-se abertas as inscrições para o X Concurso
"SPORT CLUB INTERNACIONAL" de Contos, Crônicas, Poesias e Histórias do Inter.
Promoção: Fundação de Educação e Cultura do Sport Club Internacional - FECI  e Casa do Poeta Latino-americano.  TEMAS: ESPORTE E LIVRE.
- Livre qualquer tema para Contos, Crônicas e Poesia.
-Esporte, para Histórias do Inter.

Os textos deverão ser enviados até dia 29/04/2017. Data da premiação: 23/06/2017.
O Regulamento encontra-se abaixo. Participe!

Blog https://www.facebook.com/feci.internacional

Marinês Bonacina
Diretora Cultural da FECI
Presidente da Casa do Poeta Latino-Americano



  FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO SPORT CLUB INTERNACIONAL - FECI

Av. Padre Cacique, 891. B. Menino Deus 2º andar do Gigantinho- CEP. 90.810-240. Porto Alegre/RS.
Fone: (51) 3230.4671- 97727587- E-mail: concursofecinter@gmail.com - fecinter@gmail.com Horário: segunda a sexta-feira, das 9:00 às 18:00hs. Fundação 22/07/1976. CNPJ 90.967.241/0001-05.

X CONCURSO "SPORT CLUB INTERNACIONAL" DE CONTOS, CRÔNICAS, POESIAS e HISTÓRIAS DO INTER.

Resumo Regulamentar: Encontram-se abertas as inscrições para o Concurso "SPORT CLUB INTERNACIONAL" de Contos, Crônicas, Poesias e Histórias do Inter.
I. - TEMAS: ESPORTE E LIVRE.
2. Da Participação: Poderão participar poetas, escritores, cronistas de âmbito nacional e latino-americano em Língua Portuguesa. O conto, crônica, poesia ou histórias do Inter é de expressão livre.
2.1 - O trabalho deverá ser digitado em linha 12 Times New Roman, identificado por pseudônimo,
e deverá ser acompanhado de nome do(s) conto(s), crônica(s), poesia(s) ou história (s) do Inter, e inclusão do pseudônimo, nome real, fone e endereço completo.
2.2 - Cada participante poderá concorrer com até três trabalhos e deverão ser enviados no prazo estipulado.
3. Taxa de Inscrição: uma obra: R$20,00; trabalhos excedentes, R$ 5,00 cada. O pagamento deverá ser efetuado e o recibo do depósito enviado junto a inscrição para o endereço indicado.
Banco BRADESCO, Agência 3143, conta. 1000376-8; (conta poupança) em nome de Marinês Bonacina.
4. Das Inscrições: Os textos deverão ser enviados até dia: 29 /04 /2017.
Enviar para: Concurso Cultural da Fundação de Educação e Cultura Sport Club Internacional.
4.1 - Dos Prêmios: 1º Lugar: Troféu; 2º e 3º Lugar: Medalhas; 4º Lugar: Menção Honrosa. Certificado de participação a todos os participantes do concurso. Os prêmios serão entregues no decorrer da cerimônia de divulgação dos vencedores do concurso. Após, um Sarau Poético e um Coquetel de encerramento.
4.1 – Data da premiação: 23 / 06 /2017.
5. Comissão Julgadora: A mesma será formada por (4) membros qualificados, com conhecimento de Contos, Crônicas, Poesias e Histórias do Inter.

6. Da Aceitação: A Inscrição implica na aceitação do presente Regulamento, conforme comunicado da Coordenação. Todos os casos omissos serão resolvidos pela coordenação através de resolução ou decisões aprovadas em ata.

Ficha de Inscrição:
Autor:__________________________________________E-mail:___________________________
Pseudônimo. ___________________________ Telefone: /Celular _____________________________
Endereço:__________________________________________________________________________

Coordenação:
Marinês Bonacina                                  Cesardo Júlio Vingnochi                        Valdir Luiz Scariot                                                          
Presidente da CAPOLAT
Diretora Cultural (FECI)                         Diretor Presidente                                Diretor Vice-Presidente

Realização: CAPOLAT - Casa do Poeta Latino-Americano e departamento Cultural da FECI/INTER.                                                
                                                     Porto Alegre, 01 de março de 2017.

Curso Modular de Gestão Cultural - Porto Alegre (RS)




Curso Modular de 
Gestão Cultural
Turmas Porto Alegre (RS)
Olá amigos

Informamos que no sábado dia 01 de abril, estaremos reiniciando em Porto Alegre (RS) as aulas do Curso Modular de Gestão Cultura - Turma 2017 - com a apresentação da aula do Módulo 01 – As Leis de Incentivo à Cultura (Apresentação da Lei Rouanet).

Nesta aula estaremos apresentando o Funcionamento da Lei Rouanet, mas também estaremos apresentando as novas alterações que serão introduzidas pela nova Instrução Normativa recém estabelecidas pela nova gestão do Ministério da Cultura, que entre outras coisas introduz o uso do cartão magnético nas contas bancárias dos projetos aprovados.

Por esta razão, estamos convidando a todos os atuais alunos e os ex-alunos interessados a participarem desta aula sem nenhum custo adicional ou sem a necessidade de pagamento de taxas.

Como de costume pedimos apenas que confirmem sua presença através do e-mail cursos@quixoteart.com.br  até o dia 30 de março.


PLATAFORMA EAD

Em virtude das alterações que serão implantadas na Lei Rouanet, e como ainda estamos no aguardo da publicação da Nova Instrução Normativa, que havia sido prometida para dia 08 de março, estamos com todas as aulas da plataforma EAD suspensas até a atualização do material que será realizada somente após a publicação da nova Instrução Normativa.

ALUNOS DA TURMA 2016

Para os alunos da turma 2016, informamos ainda que na quinta-feira dia 30 de março, das 9h as 17h, estaremos ministrando a aula relativa ao Módulo 09 - A Produção Executiva para projetos Audiovisuais E a Captação de Recursos (A apresentação da Lei do Audiovisual) aula que foi cancelada em outubro do ano passado. Para aqueles que irão participar, solicitamos que confirmem a presença até o mais tardar dia 25 de março, e caso não tenham condições de participar desta aula nessa data e horário, estaremos apresentando novas alternativas de datas.

Esta aula não terá custos para os alunos do ano passado.
Para convidados a taxa de inscrição é de R$ 85,00 (Oitenta e Cinco Reais)

Em caso de dúvidas estaremos a disposição.
Segue abaixo nossa programação para as duas aulas.

PROGRAMA DE AULA
Sábado dia 01 de abril de 2017 – das 9h as 17h
Aula do Módulo 01
As Leis de Incentivo à Cultura (Apresentação da Lei Rouanet)
Das 8h45 as 9h00 – Recepção aos alunos
Das 9h00 as 9h30 – Apresentação do Instrutor e da dinâmica do curso
 Das 9h30 às 10h40parte 01 – Introdução ao estudo das Leis de Incentivo à Cultura - Apresentação geral e a evolução histórica das Leis de Incentivo no Brasil e no mundo. Considerações gerais e os princípios das Leis de Incentivo à Cultura. Características e aspectos das Leis Municipais e Estaduais de incentivo à Cultura. As Leis Federais de Incentivo à Cultura. Apresentação da Lei Rouanet. Evolução Histórica - O surgimento da Lei Federal nº 8.313, a chamada Lei Rouanet. Situação atual e possíveis alterações pelo PL 6772. Introdução ao estudo do PRONAC.  
 Das 10h50 as 12h00parte 02 – Base legal da Lei Rouanet e principais definições – Apresentação geral do Decreto nº 5.761 e da IN 01/2013. Tipos de projetos incentivados. O proponente os seus requisitos e seus impedimentos. Mecânica de Funcionamento da Lei Rouanet – I – Principais prazos legais e seus aspectos jurídicos. O valor incentivado e o valor incentivável dos projetos apoiados na Lei Rouanet. O enquadramento no art. 18 e no art.26.
 Das 12h00 as 13h30 – Parada para almoço 
Das 13h30 as 14h00Exercício e dinâmicas de grupo (Início dos trabalhos da incubadora de projetos culturais)
 Das 14h00 as 15h10 – parte 03 – Mecânica de Funcionamento da Lei Rouanet – II - Os apoiadores e as exigências legais. Quem pode patrocinar os projetos da Lei Rouanet. Etapas de Tramitação para aprovação de projetos na Lei Rouanet I - Descrição das etapas de aprovação do projeto. A fase de admissibilidade e suas características. A análise técnica e as diligencias. A CNIC e seu funcionamento.
Das 15h20 as 16h30 – parte 04 – Etapas de Tramitação para aprovação de projetos na Lei Rouanet II – A aprovação ou rejeição do projeto na CNIC. As diligencias e os prazos legais. A publicação da portaria de aprovação no Diário Oficial e a abertura das contas bancárias vinculadas ao projeto. A gestão de projetos aprovados na Lei Rouanet I – A movimentação das contas bancárias e o processo de captação de recursos. A readequação dos objetivos e os pedidos de prorrogação do prazo de execução e do prazo de captação. A gestão de projetos aprovados na Lei Rouanet II – O uso de logomarcas do governo e patrocinadores. O fechamento das contas bancárias e a prestação de contas.
 Das 16h30 as 17h00 – Dúvidas dos alunos e considerações finais.

Sábado dia 30 de março de 2017 – das 9h as 17h
Aula do Módulo 09
A Produção Executiva para projetos Audiovisuais e a Captação de Recursos
(A apresentação da Lei do Audiovisual)
 Das 8h45 as 9h00 – Recepção aos alunos
Das 9h00 as 9h30 – Apresentação do Instrutor e da dinâmica do curso
 Das 9h30 às 10h40parte 01 – Introdução do estudo do Audiovisual - A História do cinema no Brasil e no mundo. As primeiras produções. O cinema novo e o renascimento do cinema brasileiro. Gestão Pública do Audiovisual -  Evolução dos órgãos de gestão do audiovisual brasileiro. Estrutura da ANCINE e seu papel. Base legal.

Das 10h50 as 12h00parte 02 – Gestão Pública do Audiovisual - Políticas públicas para o setor audiovisual. O surgimento da MP 2228/01 e suas particularidades.  A ANCINE - O cadastro do produtor audiovisual. O registro do CPB e o manual do produtor audiovisual. O acesso ao Sistema Ancine Digital – SAD.
Das 12h00 as 13h30 – Parada para almoço 
Das 13h30 as 14h00Apresentação de vídeos
Das 14h00 as 15h10 – parte 03 – Lei do Audiovisual - Apresentação da Lei do Audiovisual. Evolução histórica da Lei do Audiovisual. Aspectos jurídicos. Apresentação dos artigos 1º, 1A, 3º e 3A.  Lei do Audiovisual – O Cadastramento da proposta cultural. Formulários e documentos necessários. Tramite de aprovação.

Das 15h20 as 16h30 – parte 04 – Lei do Audiovisual - Gestão das contas bancárias vinculadas ao projeto e a captação de recursos.  Captação de Recursos - Formas alternativas para captação de recursos para projetos audiovisuais: FSA, FINEP, FUNCINE, art. 39x da medida provisória 2228/01. Captação de Recursos - Formas alternativas para captação de recursos para projetos audiovisuais: Conversão da Dívida Externa, as Leis estaduais e municipais de Incentivo à Cultura e a Lei Rouanet. Aprovação de projetos nos artigos 18 e 26.
Das 16h30 as 17h00 – Dúvidas dos alunos e considerações finais.

LOCAL DAS AULAS:
PORTO ALEGRE (RS)
Hotel Collins Trade - Auditório - 7º andar
Travessa Tuyuty 74 - Centro Histórico - Porto Alegre/RS
(Paralela à Av. João Pessoa – na altura da UFRGS)

Marcelo Miguel - Quixote Art & Eventos
(41) 99706-4460



19 de março de 2017

Ministro da Cultura vai acompanhar lançamento da candidatura de CTGs


via correio do povo:

Evento faz parte de série de agendas de Roberto Freire em Porto Alegre

Neste domingo, Freire almoça com o prefeito Nelson Marchezan Júnior | Foto: Tomaz Silva / ABr / CP

Neste domingo, Freire almoça com o prefeito Nelson Marchezan Júnior | Foto: Tomaz Silva / ABr / CP 
O ministro da Cultura, Roberto Freire, desembarcou em solo gaúcho neste sábado para participar de uma série de agendas, entre elas, o lançamento da candidatura dos Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) à Salvaguarda de Melhores Práticas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), marcado para esta segunda-feira em Porto Alegre.
Neste sábado, Roberto Freire vai visitar, às 16h, o Instituto Iberê Camargo, que reúne o acervo de um dos mais importantes artistas gaúchos. O empresário Jorge Gerdau Johannpeter, membro do conselho do Instituto, vai recepcionar o ministro. Em seguida, Freire estará reunido com diretor do Santander Cultural, Carlos Trevi, e com artistas plásticos gaúchos, no próprio centro cultural.
Às 19h, o ministro participa de um evento no Instituto Ling, organizado em parceria com a Representação Regional do Ministério da Cultura no Rio Grande do Sul. Criado há 22 anos e mantido pela família Ling, o instituto oferece bolsas a jovens talentos do mundo inteiro. O evento estará aberto à imprensa, apoiadores da cultura e artistas.
Neste domingo, Freire almoça com o prefeito Nelson Marchezan Júnior e o secretário de Cultura do município, Luciano Alabarse. Na segunda-feira, a partir das 11h, o ministro e o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, participam do lançamento oficial da Candidatura dos CTGs ao Registro de Melhores Práticas de Salvaguarda da Unesco. O evento corre no Palácio Piratini.