Postagem em destaque

Justiça cassa mandato do Conselho Municipal de Cultura de Porto Alegre

A decisão do juiz José Antonio Coitinho, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, em Mandado de Segurança impetrado p...

31 de janeiro de 2013

Troca de ordem nos desfiles da Muamba


 
Foto: PMPA

Três das escolas que desfilam na segunda parte da Muamba Oficial, a partir das 21h de domingo, inverteram lugares e há uma nova ordem de desfiles.

Embaixadores do Ritmo, que seria a quarta, agora será a segunda. Com isso, Acadêmicos de Gravataí e Unidos de Vila Isabel, que ocupavam o segundo e o terceiro horários, tiveram suas arrancadas postergadas para o terceiro e quarto horários, respectivamente.

Para a primeira noite, na virada de sábado para domingo, nada mudou. Confira abaixo, portanto, a grade definitiva de apresentações.

Lembrando aos componentes que a concentração começa uma hora antes do desfile e a pré-concentração começa duas horas. Cada agremiação terá 50 minutos para desfilar, com 10 minutos de intervalo entre uma e outra.

Sábado para domingo, 2 para 3 de fevereiro
00:10 — Estado Maior da Restinga
01:10 — Império da Zona Norte
02:10 — União da Vila do IAPI
03:10 — Imperatriz Dona Leopoldina
04:10 — Imperadores do Samba

Domingo, 3 de fevereiro
21:00 — Bambas da Orgia
22:00 — Embaixadores do Ritmo
23:00 — Acadêmicos de Gravataí
00:00 — Unidos de Vila Isabel
01:00 — Academia de Samba Praiana

FST 2013 apresenta soluções inovadoras para sustentabilidade

Foto: Mariana Kruse/Divulgação PMPA
Vice-prefeito Sebastião Melo, participa de workshop sobre Programa de Inclusão Produtiva na Reciclagem
Vice-prefeito Sebastião Melo, participa de workshop sobre Programa de Inclusão Produtiva na Reciclagem
A grade de atrações promovida pelos projetos “Na Boa em Poa” e “CapacitaPOA”, por intermédio do Gabinete de Inovação e Tecnologia (Inovapoa) e da Secretaria de Governança Local, durante a programação do Fórum Social Temático 2013, na Usina do Gasômetro, está apresentando diversas atividades e intervenções ligadas à cidadania, cultura livre, radicalização da democracia, mobilidade urbana e desenvolvimento sustentável.
Na tarde de segunda-feira, 28, a pauta em foco era a difusão da inovação como fator de desenvolvimento autossustentável, geração de renda e novas oportunidades de trabalho para a população porto-alegrense, através de programas de Inclusão Produtiva na Reciclagem e desmanufatura de componentes eletrônicos. Participaram do encontro, dando boas vindas aos visitantes, o vice- prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, a chefe de Gabinete do Inovapoa, Fernanda Bermudez e o diretor da Braskem João Ruy Dorneles Freire.
Temas referentes à coleta e destinação dos resíduos eletrônicos na cidade, reciclagem dos resíduos tecnológicos e como se desencadeia todo processo do ciclo econômico e produtivo da logística reversa foram abordados pelo diretor da Trade Recycle, João Caruso, por meio de uma oficina de reciclagem. A diretora química do DMLU, Mariza Reis, tratou sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos e suas diretrizes de implantação na capital, bem como é feita a coleta dos resíduos eletrônicos pelo governo municipal.
O diretor da Braskem, João Ruy Dorneles Freire, ressaltou a parceria com a Prefeitura de Porto Alegre e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que pretende, através do Programa de Inclusão Produtiva na Reciclagem – “Todos Somos Porto Alegre”, aumentar a renda dos catadores e transformá-los em pequenos empreendedores.
O programa já está em andamento desde 2010, quando foi regulamentado e pretende qualificar o setor de reciclagem de resíduos sólidos. Também visa a cumprir o que está determinado pelo decreto 16.638, de março de 2010, que prevê a retirada gradativa dos carroceiros e carrinheiros da capital até 2016, em conjunto com a inclusão social das famílias que vivem desta atividade. A lei é de autoria do vereador e agora vice-prefeito, Sebastião Melo.
O convênio com a Braskem começou em 2011e, segundo o vice-prefeito Sebastião Melo, a ação está sendo muito exitosa no que diz respeito às políticas públicas voltadas para o crescimento econômico dos milhares de carrinheiros e carroceiros que vivem na cidade. As famílias que dependem da coleta seletiva do lixo na capital estão tendo maior qualificação e possibilidade de renda para suprir com suas necessidades básicas e assim promover o desenvolvimento social e humanitário.
Cooperativas
Participaram do encontro na Usina do Gasômetro 32 integrantes da Cooperativa de Educação Ambiental e Reciclagem CEAR - Sepé Tiarajú, que já é conveniada ao Programa de Inclusão de Reciclagem. A entidade conta com três educadores sociais voluntários que treinam os catadores.
Para a diretora financeira da Cooperativa, Natália Soares, que atua como voluntária, esta integração com o executivo está transformando a vida de milhares de comunidades que agora têm uma renda semanal. “Tudo tem a ver com as questões voltadas para a questão ambiental da sociedade. Precisamos de ‘ecologia humana’, cuidar das pessoas, para assim vivermos melhor”, explica Natália, comentando que a cooperativa recebe de 7 a 10 toneladas de lixo seco por dia do DMLU para reciclagem. “Os colaboradores realizam a triagem e separação dos materiais e os encaminham para venda aos compradores da região, aos finais de semana. Os catadores trabalham diariamente das 9h às 17h e recebem individualmente, em média, R$ 170 ou R$ 180 reais por semana”, destaca a voluntária.
A cooperativa oferece ainda dois cursos aos trabalhadores da casa: Confecção de sabão sólido e líquido, produzido através do óleo de fritura misturado à soda cáustica e sacolas plásticas retornáveis, confeccionadas com capas de guarda-chuvas.

A prefeitura cedeu espaço para organizar o complexo da cooperativa e forneceu toda infra-estrutura necessária para a instalação de uma cozinha comunitária, onde os catadores recebem alimentação diária gratuita. A entidade também mantém parceria com o Senac e o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos).
Qualidade de Vida
Com o trabalho de educação ambiental, que está sendo desenvolvido pelo programa junto à população da capital, haverá melhorias na separação de resíduos, limpeza da cidade e qualificação da coleta seletiva. De acordo com a coordenadora do projeto, Denise Souza Costa, da Secretaria de Governança Local, a ação está entrando em nova fase e ganhando força, a partir do financiamento do BNDES e da parceria estratégica da Braskem. “As Unidades de Triagem (UTs), estão recebendo materiais de melhor qualidade, com a possibilidade de ampliar a produtividade, contribuindo para que a capital se torne referência em inclusão econômica, proteção social e preservação ambiental”, reflete Denise.
"Todos Somos Porto Alegre – Programa de Inclusão na Reciclagem"
O Programa receberá até 2016 um aporte de recursos de R$ 18 milhões de reais, sendo 50% do BNDES e 50% da prefeitura. A estimativa é que sejam beneficiadas 1,8 mil famílias, sendo 1,2 mil famílias de carroceiros, carrinheiros e catadores e 600 famílias vinculadas a unidades de triagem, totalizando 5,4 mil pessoas.
Em várias regiões da cidade, o cadastramento e vinculação dos interessados ao programa ocorrem por meio de entrevista com educador social popular para conhecer o interesse profissional do catador no mercado de trabalho, traçar seu perfil sócio-econômico e descobrir suas reais habilidades.



/forumsocial /inovapoa /sustentabilidade
Texto de: Mariana Kruse
Edição de: Manuel Petrik
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

Carta de Porto Alegre é apresentada na plenária final do FST

Foto: Samuel Maciel/PMPA
Mundo da Juventude na Plenária Final do FST 2013
Mundo da Juventude na Plenária Final do FST 2013
A “Carta de Porto Alegre” foi apresentada na manhã desta quinta-feira, 31, na plenária final do Fórum Social Temático 2013 - “Democracia, Cidades, Desenvolvimento Sustentável e Trabalho Decente”, realizada no Mezanino da Usina do Gasômetro. No local, estiveram presentes representantes dos vários setores e movimentos sociais participantes do FST, que durante o evento foram divididos em “mundos” – Mundo Ambiental, Mundo da Juventude, Mundo da Saúde, Mundo do Trabalho, Mundo da Ética, Mundo da Igualdade Racial, entre outros - debatendo os resultados do Fórum na Capital, apresentando o resumo das atividades realizadas e projetando as próximas edições do Fórum.

O representante do Conselho Municipal da Juventude, através da União Estadual dos Estudantes (UEE), Ben-Hur Pereira, apresentou a Carta do Mundo da Juventude, localizado no Acampamento Intercontinental da Juventude, no Parque Maurício Sirotsky Sobrinho. Pereira também destacou o trabalho dos voluntários. “O voluntariado foi fundamental para o bom andamento das atividades do acampamento e do Fórum em geral. Este é um ótimo exemplo da importância da atuação dos voluntários nos grandes eventos que Porto Alegre sediará nos próximos anos”, afirmou.

Apesar de muitas atividades programadas terem sido canceladas devido ao luto pela tragédia de Santa Maria, como os shows, por exemplo, os organizadores avaliam que o saldo do FST foi extremamente positivo, principalmente pelos debates qualificados promovidos durante os seis dias de evento. Outro ponto destacado foi a inclusão do Fórum Social Temático no calendário oficial da Capital.

A Carta do Fórum Social Mundial Temático de Porto Alegre, Brasil, que contempla todas as áreas (mundos) participantes, será entregue ao Fórum Social Mundial de Tunis, na Tunísia, que ocorre de 26 a 30 de março de 2013.
Texto da Carta Mundo da Juventude
Os jovens reunidos no Acampamento Intercontinental da Juventude, numa vivencia de diferentes culturas, aponta a possibilidade de um mundo mais justo, ético, inclusivo e com oportunidades aos jovens.




/forumsocial
Texto de: Fernanda Hespanhol
Edição de: Manuel Petrik
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

Projeto Cidade Escola é apresentado no Fórum Social Temático

Foto: Vanessa Silva/PMPA
Projeto abrange oficinas de cultura, meio ambiente e esportes na rede municipal Projeto abrange oficinas de cultura, meio ambiente e esportes na rede municipal
“Uma escola que se abre e invade a cidade e uma cidade que termina por invadir a escola, ao disponibilizar espaços e equipamentos para que ocorra a aprendizagem”. Foi dessa forma que a coordenadora do Cidade Escola, Maria Cristina Garavelo, conceituou o projeto que tem o mesmo nome, durante apresentação no final da tarde de quarta-feira, 30, em atividade do Fórum Social Temático, na Usina do Gasômetro. (fotos)
O Cidade Escola é desenvolvido pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Smed), e conta com aporte financeiro do governo federal. Trata-se de uma iniciativa que atende, em tempo integral, estudantes, com a oferta de atividades complementares, sob responsabilidade de professores da Rede Municipal de Ensino e de instituições conveniadas, realizando o atendimento nas próprias escolas ou nas sedes recreativas.
São ministradas oficinas de atividades culturais, ambientais e esportivas, para crianças de seis a 16 anos de escolas municipais com a finalidade de promover uma formação mais ampla ao aluno. A previsão, segundo Maria Cristina, é de que, até 2016, cerca de 50% das escolas municipais estejam integralizadas, ressaltando que o projeto permite conhecer o estudante como um todo.
Durante o encontro, a professora explicou que a entidade conveniada deve oferecer atendimento de, no mínimo, três horas diárias por aluno. Também são obrigatórias as ofertas de oficinas pedagógicas (letramento e matemática) a todos, com, no mínimo, duas horas-relógio semanais. “Um grande desafio é estreitar cada vez mais os atendimentos realizados pelo Cidade Escola com o ensino regular ofertado nas escolas”, projetou Maria Cristina.


/educacao
Texto de: Tiago Nequesaurt
Edição de: Caren Mello
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

O blog Concursos Literários ganha Pêmio Top Blog



O blog Concursos Literários, criado pelo escritor Rodrigo Domit, foi laureado pelo júri popular com o Prêmio Top Blog na categoria Literatura. Rodrigo é parceiro antigo da CLL. Já participou das três últimas edições do concurso Poemas no Ônibus e no Trem e, é claro, ajudou - como editor do seu blog - a propagar pela internet os concursos e prêmios promovidos pela Coordenação.

O Concursos Literários (nunca é demais repetir), criado em 2011, busca fomentar a escrita ampliando o acesso a editais de premiações literárias realizadas em todo o Brasil. Em maio daquele ano, quando resolveu criar o blog para suprir uma lacuna entre a quantidade de premiações literárias realizadas no país e a quantidade de editais que podiam ser encontrados nas principais redes sociais e sites especializados, Rodrigo Domit não vislumbrava a hipótese de que, em tão pouco tempo, seu trabalho fosse receber tamanho reconhecimento.

Hoje, no entanto, pouco mais de um ano e meio e 496 editais depois, o blog conta com uma equipe de 16 escritores de todo o país. Já recebeu mais de um milhão de acessos e foi apelidado, pelo renomado escritor Cristovão Tezza, de “google dos concursos literários”.

O prêmio Top Blog recém conquistado é destinado a reconhecer e premiar, mediante votação popular (júri popular) e acadêmica (júri acadêmico), os blogs brasileiros; e o blog Concursos Literários foi o mais votado pelo júri popular, na categoria Literatura.

Pra conhecer melhor esse projeto e encontrar diferentes informações relativas a concursos da área de literatura, é só entrar no link Concursos Literários.

REUNIÃO PLANEJAMENTO AUDIÊNCIAS PÚBLICAS E CONSULTA INTERNET DO PLANO MUNICIPAL DE CULTURA

HOJE, às 09:00 H, reuniram-se na sala do diretor de governança Plinio Zalewski, membros do Grupo Executivo do Plano Municipal, Leticia, Guimarães, Izabel Franco e Alvaro Santi, mais Izabel Bretanha, para juntos começar o planejamento das audiências públicas e a consulta popular, que são os próximos passos para o término do Plano Municipal de Cultura.
Após as explanações, o Diretor Plinio como encaminhamento marcou uma reunião , para o dia 15/02, ás 10 h na sala do Secretário Busatto entre o secretário Cezar Busatto e o novo Secretário da Cultura Roque Jacoby, para junto com o Grupo Executivo, mais vários órgãos da prefeitura fazerem a divisão de tarefas e responsabilidades para a realização dessa etapa do Plano.
Guimarães Presidente  Conselho Municipal de Cultura 




ATIVIDADES TENDA PONTOS DE CULTURA FÓRUM SOCIAL TEMÁTICO EM 30/01/13

29 de janeiro de 2013

Fórum Social Temático debate a realidade da bicicleta

Foto: Thalles Campos/Divulgação PMPA
Até abril, Porto Alegre terá 40 estações e 400 bicicletas públicas
Até abril, Porto Alegre terá 40 estações e 400 bicicletas públicas
Humanizar o espaço público, racionalizando o número de veículos e ampliando o acesso e a circulação de bicicletas. Essa é a meta de diversas cidades brasileiras, alinhadas à tendência mundial. Algumas delas estiveram representadas na tarde desta terça-feira, 29, no Fórum Social Temático (FST), realizado no auditório do Ministério Público.

O tema era “A Consolidação da Bicicleta na Mobilidade Urbana – desafios e soluções para inserir a bicicleta como meio de transporte." O debate foi mediado pelo jornalista Poti Campos e contou com a abertura do diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, que comentou sobre a mudança cultural que Porto Alegre está apresentando. “Estamos em um momento muito importante. Onde a bicicleta está tendo visibilidade e está começando a se inserir como meio de transporte, não só de lazer”, comentou. Cappellari também falou sobre o sucesso das bicicletas públicas, que contabilizam mais de 50 mil viagens. “É um dos fatores que estão contribuindo para essa mudança cultural. Até abril, teremos o total de 40 estações e 400 bicicletas públicas espalhadas na cidade”, concluiu.

O debate seguiu com João Fontini Albano, doutor em Sistema de Transporte e Logística e professor da Ufrgs. Albano citou que, segundo estudos da universidade, em 10 anos, o Brasil terá mais de 40 milhões de veículos. “Organizar toda essa frota será o maior desafio. E, com certeza, a bicicleta deve ser uma alternativa a ser levada em conta, assim como a qualificação do transporte público”.

O arquiteto e urbanista da Secretaria de Gestão e Mobilidade de Pelotas/RS, Guto King, comentou que a experiência de Porto Alegre serve de parâmetro para o trabalho que é realizado em sua cidade. “Estamos acompanhando o exemplo da Capital para desenvolver as nossas ciclovias. Pelotas é uma cidade histórica e queremos que a bicicleta faça parte da rotina do trânsito. Também estamos avaliando ações como as bicicletas públicas”, declarou.

Maria Lúcia Navarro, gerente do Programa Cicloviário da Secretaria do Meio Ambiente do Rio de Janeiro, contextualizou a história da bicicleta na vida dos cariocas. “Iniciamos as ciclovias depois da ECO-92 e tivemos muita resistência da sociedade. Hoje, possuímos toda a orla com ciclovias”.

O diretor técnico da empresa Serttel, Peter Cabral, foi convidado para falar sobre as bicicletas públicas em Porto Alegre e no Brasil. Cabral comentou que, junto da instalação das estações e disponibilização das bicicletas, as cidades acabam conquistando mais adeptos. “Onde há esse sistema, aumenta consideravelmente o número de ciclistas. Trazendo mais qualidade de vida à população e contribuindo para uma melhor mobilidade urbana”.

Para encerrar o evento, a arquiteta holandesa, Renee Nycolaas, relatou a experiência do país, reconhecido como a Capital Mundial das Bicicletas, onde elas têm uma forte presença no trânsito e no dia-a-dia das pessoas. Renee citou que 84% da população do país possui bicicleta, realizando 33% do total de viagens, incluindo veículos automotores e transporte público. “O uso da bicicleta iniciou-se no pós-Guerra e intensificou-se nos anos 70, com a crise do petróleo e o excesso de acidentes de carro”, disse.

Outra curiosidade do país é que, como os ciclistas são maioria, segundo Renee, o comportamento de alguns se assemelha com o dos maus motoristas brasileiros, que não respeitam o restante das pessoas no trânsito. A arquiteta holandesa também demonstrou sua visão de Porto Alegre. “Na Holanda, a geografia plana contribui muito para as ciclovias. Aqui pode ser mais complicado para adaptar as ciclovias, mas fiquei surpresa ao conhecer a realidade da cidade e perceber que a cultura está mudando”, finalizou.



/forumsocial
Texto de: Lucas Barroso
Edição de: Gilmar Martins
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

Confira a nova ordem de apresentações da Muamba


via  BATICUMBUM
 


Como já havíamos cogitado por aqui, houve nova mudança nos horários da Muamba Oficial do próximo final de semana.

Na primeira noite, virada de sábado para domingo, dia 3 de fevereiro, cinco escolas do Grupo Especial realizam seus ensaios técnicos a partir das 00h10min. E, em vez de um hora de desfile, cada uma fará 50 minutos.

Para a segunda noite, que começa a partir das 21h do domingo, a alteração na programação foi maior. As três escolas do Grupo Intermediário A (Imperatriz Leopoldense, Império do Sol e Vila Mapa) que antecederiam as demais escolas do Grupo Especial não vão mais participar. Com isso, o encerramento dos desfiles fica previsto para as 1h50min, e não mais para as 5h50min, considerando também a redução de 10 minutos para cada escola (lembre como seria antes).

Confira a grade a apresentações divulgada nesta tarde pela AECPARS, conforme acerto das escolas. A ordem não segue a ordem dos desfiles oficiais do Carnaval 2013.

Parte 1
Virada de sábado para domingo

Parte 2
Domingo à noite

ATIVIDADES NA TENDA PONTOS DE CULTURA EM 29/01/13

Pode haver nova mudança no horário da Muamba

A folia vai começar no Porto Seco - Foto: Marcos Pereira


Embora não haja ainda qualquer informação oficial, nos bastidores estaria se forjando uma possibilidade de mudança na programação da segunda parte de ensaios técnicos no Porto Seco, prevista para iniciar às 21h (leia aqui) deste domingo, dia 3.

Das três escolas dos grupo Intermediário A que abririam a noite, Império do Sol e Unidos da Vila Mapa já teriam aberto mão de suas participações para que o fim do evento possa ser antecipado. A Imperatriz Leopoldense ainda seria contatada ou estaria por dar uma resposta.

Com isso, caso essas alterações realmente se confirmem, a primeira escola do Grupo Especial que desfila na segunda noite pode entrar na avenida às 21h de domingo e a última sair da avenida às 2h50min (ou 3h50min, caso Leopoldense também faça seu ensaio técnico) da madrugada de segunda-feira.

Confira aqui qual é o horário oficial até o momento.

Editais para criadores e produtores negros - Inscrições abertas


Produtor ou artista que se auto-declara negra ou negro, que trabalha com as linguagens de cinema, de literatura, pesquisa de bibliotecas, de artes visuais, circo, música, dança e teatro, pode inscrever seu projeto no site do MinC: http://www.cultura.gov.br até 25 de março. Tire as suas dúvidas e deixe as suas perguntas. São prêmios profissionais, no total de R$ 9 milhões, garantidos nas cinco regiões do país, numa política de reparação histórica do Governo Dilma. Uma parceria do Ministério da Cultura e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – Seppir. Leia mais Confira os editais: Edital Curta-Afirmativo - Acesse o edital na página da SAv. Prêmio Funarte de Arte Negra - artes visuais, circo, dança, música, teatro e preservação da memória: Acesse o edital na página da Funarte Edital de Apoio a Pesquisadores Negros. Seleção de Projeto para Pontos de Leitura Cultura Negra. Edital de Apoio à Coedição de Livros de

Estão abertas as inscrições para Grupo Experimental de Dança da Cidade



Estão abertas até dia 28 de fevereiro as inscrições para os interessados em participar do Grupo Experimental de Dança da Cidade de Porto Alegre. O projeto oferece a oportunidade de formação em dança durante um ano com alguns dos mais importantes profissionais da área no Rio Grande do Sul e a prática de criação artística em grupo.
O programa de curso é gratuito e inclui aulas cinco manhãs por semana (de segunda a sextas-feiras), de diversas abordagens e estilos, como dança contemporânea, dança moderna, educação somática, improvisação, história da dança, entre outras. Num total de aproximadamente 400 horas aula ao ano, de março a dezembro. Mais de uma centena de alunos já participaram do projeto que teve no seu corpo docente profissionais como Eva Schul, Jussara Miranda, Cibele Sastre, Luciana Paludo, Alexandre Rittman, Bia Diamante, Didi Pedone, Alessandro Rivellino, entre outros.
O projeto pioneiro e inédito é uma realização do Centro Municipal de Dança, da Prefeitura de Porto Alegre, teve início em 2007 e desde 2011 conta com parceria da Casa de Cultura Mario Quintana e Secretaria de Estado da Cultura _ SEDAC-RS.
Na sua curta trajetória o projeto do Grupo Experimental de Dança da Cidade já pôde perceber resultados no âmbito da criação e da formação além das fronteiras do país. Os ex-alunos Marcio Canabarro e Douglas Jung passaram na audição e ganharam bolsa para estudar na Salzburg Experimental Academy of Dance (SEAD), na Áustria. Muitos outros integrantes passaram atuar em outros grupos ou companhias ou como coreógrafos, bem como prosseguindo sua formação em dança em centros de excelência no Brasil e no exterior.
CRONOGRAMA:
De 28 de janeiro a 28 de fevereiro: Inscrições;
De 04 a 08 de março: Aulas abertas para seleção (audições);
De 11 a 13 de março: Entrevistas;
Até 15 de março: Resultado;
Em 20 de março: Início das aulas.
As inscrições estão abertas para alunos e alunas a partir dos 15 anos. Os interessados devem enviar carta de Interesse, ficha de inscrição (que deve ser solicitada por email ou retirada) com currículo para o Coordenação de Dança da Secretaria Municipal da Cultura, (Av. Érico Veríssimo, 307) ou através do endereço eletrônico: tomazzoni@smc.prefpoa.com.br. Outras informações pode ser obtidas através do fone 3289.8063.

OUVIDORIA DA COORDENAÇÃO DE ARTES CÊNICAS


A Coordenação de Artes Cênicas de Porto Alegre a partir de hoje abre este canal direto de comunicação com a população, que permite ao cidadão e a classe artística fazer reclamações, sugestões, críticas e elogios referentes a procedimentos e ações desta coordenação e de seus espaços de atuação.

As opiniões devem ser postadas através de um comentário anônimo nesta mesma publicação .
Comentários postados ficarão visíveis a todos usuários, portanto, não serão mantidos
comentários com palavras de baixo calão.


Foto Adriana Marchiori/



28 de janeiro de 2013

Fórum Social Temático suspende shows

Em respeito às vítimas e familiares e em harmonia com o luto que tomou conta do Estado e do país – tanto pelo sentimento espontâneo da população quanto pelos decretos do governo do Estado e da Presidência da República –, o Comitê Organizador do Fórum Social Temático 2013 decidiu suspender todos os shows que estavam previstos para o evento, que tem encerramento previsto para a próxima quinta-feira, dia 31. A decisão foi anunciada no final da manhã desta segunda-feira, 28, mas, na prática, já estava em vigor desde o domingo, quando os shows programados para a data foram cancelados.

Leia a seguir a nota oficial distribuída pelo Comitê Organizador do Fórum Social Temático 2013:
“O Comitê Organizador do Fórum Social Mundial Temático Porto Alegre 2013 – ‘Democracia, Cidades e Desenvolvimento Sustentável’, reunido na manhã de hoje, 28, decidiu, reorganizar e reorientar as atividades do evento, ampliando os debates sobre Cidades Sustentáveis, em solidariedade ao trágico acontecimento da madrugada de 27 de janeiro, quando dezenas de pessoas, em sua maioria jovens, perderam a vida em sinistro incêndio, em Santa Maria, cidade da Região Central do Rio Grande do Sul.

Em consideração aos visitantes, painelistas, oficineiros, artesãos e participantes do Brasil e do Mundo, serão mantidas todas as atividades possíveis, como Acampamento Intercontinental da Juventude, Feira da Economia Solidária, Forinho e debates políticos que estão agendados na Usina, Câmara de Vereadores, Assembleia Legislativa, Ministério Público e outros locais. O encerramento do Fórum está mantido para a próxima quinta-feira, 31, às 9h, no mezanino da Usina do Gasômetro, com a aprovação da Carta de Porto Alegre.
O Comitê decidiu pela transferência dos shows musicais, em respeito ao luto oficial decretado nas esferas municipal, estadual e federal.”


/forumsocial
Texto de: Poti Silveira Campos
Edição de: Gilmar Martins
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

Editais da Rede RS de Pontos de Cultura


Publicação dos projetos habilitados
Edital no 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura
Edital no 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura
Edital Sedac nº 10 e 11 – Modelo Recurso Habilitação
Edital nº 10 - para municípios de até 10 mil habitantes
Edital no 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – ate 10 mil habitantes (consolidado – 9.10.2012)
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – APÊNDICE – Dados do Censo 2010
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – Ementário de Despesa
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – TABELA I – Distribuição por grupos socioculturais
Edital no 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – ate 10 mil habitantes – TABELA II – Distribuicao por Territorios e Regioes funcionais de planejamento
Edital no 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – ate 10 mil habitantes – TABELA III – Listagem de municipios de fronteira com o Uruguai e Argentina
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – TABELA IV – Listagem de municípios por COREDE
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – ANEXO I – Requerimento
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – ANEXO II – Ficha de Inscrição
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – ANEXO III – Plano de Trabalho
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – ANEXO IV – Relatório das atividades da Instituição
Edital no 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – ate 10 mil habitantes – ANEXO V – Declaracao de compromisso com o envio de documentos
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – ANEXO VI – Carta de Anuência
Edital nº 10, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – até 10 mil habitantes – ANEXO VII – Planilha de Avaliação
Edital nº 11 – para municípios com mais de 10 mil habitantes
Edital no 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes (consolidado – 9.10.2012)
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – APÊNDICE – Dados do Censo 2010
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – Ementário de Despesa
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – TABELA I – Distribuição por grupos socioculturais
Edital no 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – TABELA II – Distribuicao por Territorios e Regioes funcionais de planejamento
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – TABELA III – Territórios de Paz RS
Edital no 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – TABELA IV – Listagem de municipios de fronteira com o Uruguai e Argentina
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – TABELA V – Listagem de municípios por COREDE
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – ANEXO I – Requerimento
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – ANEXO II – Ficha de Inscrição
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – ANEXO III – Plano de Trabalho
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – ANEXO IV – Relatório das atividades da Instituição
Edital no 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – ANEXO V – Declaracao de compromisso com o envio de documentos
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – ANEXO VI – Carta de Anuência
Edital nº 11, de 2012 – Rede RS de Pontos de Cultura – mais de 10 mil habitantes – ANEXO VII – Planilha de Avaliação

Venda de ingressos ocorre terça e quarta-feira


 
Venda de ingressos para o Carnaval 2012 - Foto: Samuel Maciel, PMPA

Terá início nesta terça-feira, dia 29 de janeiro, a venda de ingressos de arquibancadas para os desfiles do Carnaval 2013 de Porto Alegre.

A comercialização ocorre até quarta-feira, dia 30, das 8h às 17h, sem fechar durante o meio-dia. Este ano, o ponto de vendas será na bilheteria do Centro Municipal de Cultura, o popular Renascença, na Avenida Erico Verissimo, 307.

Os ingressos para cada noite de desfiles do Grupo Especial (8 e 9 de fevereiro) e para o Desfile das Campeãs (dia 16 de fevereiro) custam R$ 10. Para os desfiles dos grupos A e de Acesso (10 e 11 de fevereiro), a entrada é gratuita.

Cada comprador pode adquirir o máximo de seis bilhetes. Idosos têm direito a 50% de desconto. E atenção: não serão aceitos cartões de crédito. Caso sobrem ingressos da pré-venda, as entradas serão vendidas nos dias do espetáculo, diretamente no Complexo Cultural do Porto Seco.

Entrega das pulseiras de frisas e camarotes
Conforme a Secretaria Municipal da Cultura, a entrega das pulseiras para as frisas e os camarotes do Carnaval 2013 ocorrerão nos dias 30 e 31 de janeiro, na sede da SMC (Av. Independência, 453, Administração de Fundos). Na quarta-feira, a entrega ocorrerá das 14h às 17h. Na quinta, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Muamba do Carnaval de Porto Alegre tem novas datas

Eventos foram transferidos em respeito ao luto oficial movido pela tragédia de Santa Maria


Previstos para ocorrerem nos dias 1 e 2 de fevereiro, os ensaios técnicos (Muamba) das escolas de samba do Carnaval de Porto Alegre foram transferidos em respeito ao luto oficial movido pela tragédia de Santa Maria.
Fundamentais para a realização dos desfiles oficiais, eles serão realizados no domingo, dia 3, das 0h30 às 6h, com reinício às 21h até as 6h do dia 4, segunda-feira.
As entidades carnavalescas e a prefeitura da Capital ainda solicitam que os foliões doem roupas e alimentos não-perecíveis durante os ensaios do dia 3, que serão destinados às vítimas do incêndio ocorrido na Vila Liberdade, próximo à Arena do Grêmio, na noite de domingo.
Confira o comunicado oficial:
Em respeito ao luto oficial motivado pela tragédia de Santa Maria, a Prefeitura de Porto Alegre, através da Secretaria Municipal da Cultura, a Associação das Entidades Carnavalescas de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul (Aecpars) e União das Escolas de Samba do Grupo Especial de Porto Alegre (Ungespa), organizadores dos Desfiles Oficiais do Carnaval 2013, em comum acordo transferem o Ensaio Técnico (Muamba), originalmente marcado para os dias 1 e 2 de fevereiro. Esse evento, imprescindível para a realização dos desfiles oficiais, será realizado no domingo, dia 3, das 0h30 às 6h, com reinício às 21h até as 6h do dia 4, segunda-feira.
O Prefeito José Fortunati e as entidades carnavalescas também conclamam a comunidade a solidarizar-se com as vítimas do incêndio acontecido na Vila Liberdade através de doações de roupas e alimentos não-perecíveis, que serão recebidas nas entradas do Complexo Cultural do Porto Seco (Av. Plínio Kroeff, s/n) durante os referidos Ensaios Técnicos (Muamba) do dia 3.

VIA DIÁRIO GAÚCHO

DEP faz exposição de fotos do Dilúvio e da enchente de 1941

Foto: Divulgação/PMPA
Cerca de 30 fotos históricas resgatam a relação da população com o arroio
Cerca de 30 fotos históricas resgatam a relação da população com o arroio
A exposição fotográfica do Arroio Dilúvio Antigo e da Enchente de 1941 está aberta à visitação pública no mezanino da Usina do Gasômetro, das 9h às 18h, até a quinta-feira, 31. A exposição do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) integra as atividades do Fórum Social Temático 2013.
Cerca de 30 fotos históricas mostram a cidade de Porto Alegre antes e durante as obras de retificação do Arroio Dilúvio. A ideia é resgatar a relação da população com o Arroio Dilúvio, que já teve a finalidade de pesca e recreação, e hoje necessita de dragagem constante do canal, de onde são retiradas toneladas de lixo e esgotos jogados indevidamente.
Além disso, 20 fotos retratam a enchente histórica de 1941, que deixou a cidade sem energia elétrica e sem água potável durante um mês, deixando 70 mil habitantes desabrigados e transformou as ruas em vias navegáveis. A Exposição visa à orientação da população sobre a necessidade do Sistema de Proteção Contra Inundações, que foi construído para evitar catástrofes semelhantes à de 1941, bem como a importância desse sistema para a cidade.
A visitação é totalmente gratuita. Escolas ou entidades interessadas em atividades da Coordenação de Educação Ambiental do DEP, tais como exposições fotográficas, palestras e cursos podem fazer contato pelo fone 3289 - 2215 ou e-mail: ambiental@dep.prefpoa.com.br
Passeio no Arroio Dilúvio - Um passeio de ônibus, totalmente gratuito, ao longo do Arroio Dilúvio. A 3ª edição do Curso de Multiplicadores Ambientais do DEP acontece nesta segunda-feira, 28, com saída às 13h da frente da Usina do Gasômetro. As vagas estão lotadas.
Serão realizadas palestras, uma trilha ecológica no Parque Saint’Hilaire e, após, uma visita orientada desde a nascente até a foz do Arroio Dilúvio. O curso, que visa sensibilizar quanto à necessidade de preservação ambiental, através de atividades lúdicas vivenciadas pelas equipes, busca formar multiplicadores da educação ambiental e evidenciar o papel de cada um na conservação da natureza.
A atividade, promovida pela equipe de Educação Ambiental do DEP, faz parte do Fórum Social Temático. No entanto, não é necessário estar inscrito no Fórum para participar do curso.
Programação:

13h – Saída da Usina do Gasômetro
13h30min – Recepção dos participantes no Parque Saint´ Hilaire
14h – Palestra 1: A importância do Saneamento Básico – DEP
14h30 min – Palestra 2: Água e Saúde – ISCA
15h – Palestra 3: A importância da Preservação das Nascentes – Guarda Parques SMAM
15h30 min – Intervalo
16h – Trilha ecológica no Parque Saint´Hilaire – guarda parques SMAM e DEP
16h40min – Visita orientada da nascente até a foz do Arroio Dilúvio – DEP
17h30min – Retorno a Usina do Gasômetro


/arroio_diluvio /exposicao
Texto de: Adriana Machado
Edição de: Caren Mello
Autorizada a reprodução dos textos, desde que a fonte seja citada.

27 de janeiro de 2013

Nota de pesar - Tragédia de Santa Maria


MTG do RS


Em deslocamento para Santa Maria, o Presidente do MTG, Erival Bertolini, que nasceu em Espumoso, mas que fez da cidade coração do Rio Grande, sua querência, mal conseguiu falar ao telefone, tamanha a emoção, para solicitar uma nota oficial do movimento tradicionalista.

Bertolini, ainda chocado com a notícia, solicitou a publicação:

O Movimento Tradicionalista Gaúcho, do Rio grande do Sul, se solidariza com familiares e amigos das vítimas. Manifestamos nossos sentimentos de tristeza e rezamos pela paz dessas famílias e do povo de Santa Maria, que precisará de muita solidariedade para superar essa tragédia.”

Erival Bertolini
Presidente do MTG/RS

CANCELADA A MUAMBA DO AREAL

Em respeito ao luto que se abateu sobre o Estado devido à tragédia em Santa Maria, a Associação das Entidades Carnavalescas de Porto Alegre e do RS (AECPARS) decidiu cancelar a realização da Muamba do Areal, prevista para ocorrer a partir das 16h na Cidade Baixa (lembre aqui).

Em breve, haverá informações sobre um possível adiamento, uma readequação ou alguma mudança relativa aos ensaios técnicos que as escolas dos grupos A e de Acesso realizariam na Barão do Gravataí.

A tragédia
Mais de duas centenas de mortos já foram contabilizados até o momento no incêndio que atingiu a boate Kiss, em Santa Maria, nesta madrugada.

O fogo teria começado por volta das 2h, no teto, na espuma de isolamento acústico do local, em função de um SINALIZADOR DE FUMAÇA — uma espécie de fogo de artifício bem conhecida por nós. As chamas teriam se espalhado rapidamente e todo o ambiente teria ficado rapidamente encoberto por fumaça preta.

Durante a evacuação, como o local só possuía uma saída de emergência, bombeiros e populares abriram um buraco na parede para facilitar a fuga de quem estava dentro da boate. Por volta das 7h, o fogo já teria sido completamente controlado.

Caminhões estão levando os corpos para o Centro Desportivo Municipal (CDM) de Santa Maria.

O incidente está sendo considerado a maior tragédia da história do Rio Grande do Sul. Outras entidades também cancelaram atividades em respeito ao luto de familiares e gaúchos, como a FGF, que cancelou a rodada do Gauchão.

Confira no Diário Gaúcho a lista de feridos, imagens do local e a cobertura do resgate.

Marcha de abertura do Fórum Social Mundial Temático em Porto Alegre